Blog

​Dia mundial dos oceanos​: 7 dicas fáceis para incluir na rotina que ajudam a protegê-lo

Mar de Plástico: A realidade de nossos oceanos

Muitas pessoas não sabem que prejudicamos o oceano com coisas comuns que fazemos todos os dias. A boa notícia é que estas são coisas fáceis de tirar de nossas rotinas. Descubra quais são elas neste post.

 

Dia 8 de junho é o ​Dia mundial dos oceanos​. A data começou a ser comemorada em 1992, depois da conferência histórica Rio-92. Este dia chega para trazer consciência e alarmar nossa comunidade de que a realidade de nossos oceanos é cada dia mais preocupante pela quantidade de detritos neles.

Este problema não é mais algo que vai acontecer apenas no futuro. Apesar do modo de negação parecer reconfortante, o fato é que já estamos vivendo uma realidade preocupante. De acordo com os dados compilados pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), aproximadamente 8 milhões de toneladas de lixo é despejado nos oceanos a cada ano.

Você pode entender mais do que acontece em nossos oceanos neste documentário: “Oceano Plástico”.

 

 

Você pode ajudar a salvar os oceanos com atitudes simples, mas que podem fazer muita diferença em nosso meio ambiente. 

Como ajudar neste ​Dia mundial dos oceanos​:

 

USE MENOS PRODUTOS PLÁSTICOS

Os plásticos que acabam como detritos oceânicos contribuem para a destruição do habitat, além de emaranhar e matar dezenas de milhares de animais marinhos a cada ano. Para limitar seu impacto, leve sempre com você uma garrafa de água reutilizável, guarde os alimentos em recipientes não descartáveis, leve sua própria sacola de pano ou outra sacola reutilizável ao fazer compras e recicle sempre que possível. Você pode conferir mais dicas de como usar menos plástico no dia-a-dia neste post.

 

COMPRE FRUTOS DO MAR QUE SEJAM SUSTENTÁVEIS

As populações de peixes globais estão sendo rapidamente esgotadas devido à demanda, perda de habitat e práticas de pesca insustentáveis. Neste dia mundial dos oceanos, oo fazer compras ou jantar fora, ajude a reduzir a demanda por espécies superexploradas escolhendo frutos do mar que sejam saudáveis e sustentáveis.

 

CUIDE DAS PRAIAS QUE VOCÊ FREQUENTA

Se você gosta de mergulhar, surfar ou relaxar na praia, aproveite para deixá-la sempre limpa. Explore e aprecie o oceano sem interferir na vida selvagem ou remover pedras e corais. Se ver algum lixo na praia, como embalagens, pegue-as da areia e jogue em latas de lixo. Incentive os outros a respeitar o ambiente marinho ou participando de limpezas de praia locais.

 

USE MENOS FERTILIZANTE

Quando fertilizantes são usados em jardinagem e agricultura, o excesso acaba no oceano. Um resultado já existente dessa prática é uma “zona morta” – uma área com níveis muito baixos de oxigênio na água – do tamanho de Nova Jersey, nos Estados Unidos. Como toda a vida marinha requer oxigênio para viver, incluindo peixes e camarões, eles precisam fugir da área ou acabam morrendo. Muitas outras áreas costeiras também estão em risco. Então, use fertilizante com moderação e lembre-se que geralmente é melhor não utilizá-los.

 

CUIDADO COM AS COMIDAS PARA SEUS PETS

Leia os rótulos dos alimentos para animais de estimação e considere a sustentabilidade dos frutos do mar ao escolher uma dieta para seu animal de estimação. Nunca lave a maca do gato, que pode conter patógenos prejudiciais à vida marinha. Evite estocar seu aquário com peixes de água salgada capturados e nunca solte nenhum peixe de aquário no oceano ou em outras massas de água, prática que pode introduzir espécies não nativas prejudiciais ao ecossistema existente.

 

AJUDE ORGANIZAÇÕES QUE TRABALHAM PARA PROTEGER O OCEANO

Muitos institutos e organizações estão lutando para proteger os habitats oceânicos e a vida marinha. Encontre uma organização nacional e considere dar apoio financeiro ou voluntariado para elas. Se você mora perto da costa, junte-se a uma filial ou grupo local e participe de projetos próximos de casa.

 

INFLUENCIE SUA COMUNIDADE, AMIGOS E FAMÍLIA

Pesquise as políticas oceânicas de políticos antes de votar ou entre em contato com seus representantes locais para informá-los que você apoia projetos de conservação marinha. Considere os restaurantes e mercearias que ofertam apenas frutos do mar sustentáveis ​​e fale sobre suas preocupações se você encontrar uma espécie ameaçada no cardápio ou no balcão de um restaurante. Compartilhe este post com amigos e família para ajudar a alertas mais pessoas sobre como cada um pode ajudar os oceanos.

 

EXTRA: COMPRE PRODUTOS ECOLÓGICOS COMO OS DA PAPEL SEMENTE

A Papel Semente é uma empresa especializada em transformar papéis recicláveis em papéis que podem ser plantados. No processo de fabricação semi-artesanal, sementes são implantadas no papel, deixando-os apto para serem plantados no solo.

Depois de usar o papel, é possível picar, plantar, molhar e germinar uma linda flor e hortaliça. Que tal essa opção para o ​Dia mundial dos oceanos​?

A Papel Semente produz papéis com as sementes escolhidas pelos clientes. Podem ser de cenoura, tomate ou até mesmo cravo-francês e margaridas. Além disso, estes papéis plantáveis são feitos em diversos formatos: de folhas A4 à convites de casamento que podem ser plantados. São mais de 170 diferentes maneiras de usar o papel semente.

​Dia mundial dos oceanos​: 7 dicas fáceis que ajudam a protegê-lo

Nosso papel que vira planta, em uma iniciativa para salvar os Meros do Brasil

 

Quer saber mais sobre nosso trabalho ou pedir um orçamento? Envie um email para a gente ou confira nosso site 

 

O que você vai dar de presente para nossa natureza neste ​Dia mundial dos oceanos​? Comente aqui! Confira mais sobre o trabalho da Papel Semente clicando aqui.

 

Um pensamento sobre “​Dia mundial dos oceanos​: 7 dicas fáceis para incluir na rotina que ajudam a protegê-lo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *