Blog

Como fazer um Kokedama: o jardim suspenso que fica lindo em casas ou apartamentos

Está pode ser uma solução incrível de jardinagem para apartamentos e casas pequenas. Descubra como fazer este lindo jardim japonês

 

Se você nunca viu e não ouviu falar ainda de um o Kokedama, deixe-nos apresentar este incrível jardim japonês. A bola de musgo japonesa fica suspensa no ar e não ocupa espaços na sua casa. Além disso, você não vai precisar desembolsar dinheiro para comprar um vaso bonito, já que cada planta fica contida em seu próprio casco coberto de musgo. A única coisa que você vai precisar fazer,  é fazer este jardim suspenso no teto com um cordão barato.

Gostou da ideia desta solução de jardinagem para apartamentos e casas pequenas? O jardim suspenso também fica lindo em áreas externas, como pergolados ou varandas. 

Por isso, criamos um passo-a-passo de como fazer um Kokedama para chamar de seu.

 

Como fazer um Kokedama: a bola de musgo japonesa suspensa no ar

A bola de musgo japonesa fica suspensa no ar e não ocupa espaços na sua casa.

 

As melhores plantas para o jardim suspenso:

Ao escolher uma planta para seu jardim suspenso, escolha uma que não precise ficar no sol, porque o musgo prefere um ambiente sombrio. Uma planta com um sistema de raízes pequenas também é melhor. Aqui estão algumas variedades que não vão se importar em ficar em um local com sombra.

  • Diversos tipos de Samambaias.
  • Chifre-de-Veado
  • Jade
  • Pothos
  • Imbé
  • Begonias
  • Suculentas
  • Clorofito

Como fazer um Kokedama:

O que você vai precisar:

  • A planta que você escolheu.
  • Solo de Bonsai.
  • Musgo  
  • Argila
  • Musgo de folha
  • Sisal

Instruções:

  1. Misture o solo de bonsai, musgo e argila em uma bola, seguindo uma proporção aproximada de 70% de solo de bonsai e 30% de mistura de musgo e argila. Umedeça  a mistura com água para que todos os elementos se liguem. A ideia é fazer uma bola com um solo que não deixe nada cair, mas que também não seja tão denso que as plantas não consigam respirar. Este último fator é fundamental para que o seu Kokedama prospere.
  2. Usando os polegares, faça um pequeno orifício no centro da bola. Retire todo o excesso de solo das raízes da planta antes de colocá-los no orifício e molde o solo ao redor das raízes.
  3. Cubra a bola com musgo de folha, pressionando suavemente as seções de musgo no solo. Não se preocupe se não ficar firmemente no lugar neste momento – o envoltório com o sisal (etapa 4) ajudará nisso.
  4. Enrole a bola com o fio, certificando-se de que cobre todos os lados, incluindo a parte inferior, antes de segurar com um nó. Para pendurar o kokedama, corte outro longo pedaço de corda e amarre-o em ambos os lados da bola e depois no teto.
  5. Coloque o kokedama em um local ligeiramente sombreado. Quando for hora de regar sua planta, mergulhe a bola de musgo em um balde de água, deixe a parte lateral por lá na água por 5 a 10 minutos.

Confira o passo-a-passo desenhado:

Como fazer um Kokedama: o jardim suspenso japonês que fica lindo em ambientes pequenos

 

 

Você já ouviu falar de um papel que pode ser plantado?

Papel Semente é uma empresa especializada em transformar papéis recicláveis em papéis que podem ser plantados. No processo de fabricação semi-artesanal, sementes são implantadas no papel, deixando-os apto para serem plantados no solo.

Depois de usar o papel, é possível picar, plantar, molhar e germinar uma linda flor e hortaliça. Até mesmo em seu Kokedama!

A Papel Semente produz papéis com as sementes escolhidas pelos clientes. Podem ser de cenoura, tomate ou até mesmo cravo-francês e margaridas. Além disso, estes papéis plantáveis são feitos em diversos formatos: de folhas A4 à convites de casamento que podem ser plantados. São mais de 170 diferentes maneiras de usar o papel semente.

Para saber mais, confira nosso trabalho nesta reportagem do Jornal Nacional na Globo:

 

Peça um orçamento de Papel Semente clicando aqui.

Quer saber mais sobre nosso trabalho ou pedir um orçamento? Envie um email para a Papel Semente clicando aqui.

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *