Quais tipos de papel escolher: ecológico ou comum? Descubra os efeitos reais do papel ecológico no meio ambiente e sociedade. 

🌱🍃💕

 

Toneladas e mais toneladas de papel são utilizados diariamente ao redor do mundo.  Os meios digitais substituirem o uso das folhas em algumas áreas. Porém, ele é um produto indispensável para embalagens, cartões de visita, crachás, convites, tags de roupas, entre tantos outros.

Porém, ao falar de tipos de papel para escolher, vale lembrar o papel é um material extraído da madeira. Além de aumentar significativamente o corte de árvore e desmatamento, a fabricação do papel também contribui para a poluição do meio ambiente. Isso porque, para deixar as folhas branquinhas, é preciso submeter o material a um processo que utiliza produtos químicos que contaminam a água e às vezes o solo.

Além disso, muitas vezes esses papéis são utilizados apenas uma vez. Ou seja, vão direto para o lixo comum, sem nem ir para reciclagem. Isso porque, os resíduos reciclados no Brasil ainda tem índices muito baixos, como você pode conferir no post 90% do lixo do Brasil é coletado por catadores de rua. Vale ressaltar, que alguns tipos de papel nem podem ser reciclados: como os que estiverem sujos e engordurados, etiquetas e fitas, embalagens metalizadas, alguns tipo de livros, fotografias, entre outros.

Por isso, é importante, na hora de escolher os tipos de papel que vai usar, lembrar que o meio ambiente agradece alternativas mais ecológicas.

Papel Canson Plantável

Papel Plantável com sementes de Tomate

 

Como minimizar os impactos dos tipos de papel comum?

Seja o seu papel sulfite, papel couché fosco, couchê brilho. Ou até mesmo papel duplex, papel fotográfico, papel kraft, papel offset. Tanto faz, nem sempre ele vai poder ser reciclado depois do uso. Por isso, é importante escolher um papel sustentável e ecológico para minimizar os impactos ambientais.

O Papel Semente, ou papel plantavel, é um tipo de papel reciclado. Ele é feito com restos de aparas coletados em gráficas e residências por uma cooperativa de catadores de lixo, da ONG Guardiões do Mar.

Além de gerar oportunidades sociais, o papel semente, depois do descarte, vira uma flor ou hortaliça. 

Tá bem. Você deve estar se perguntando “Como o papel vira uma flor?”, não é mesmo?

A gente te explica: Durante o processo de reciclagem do papel, sementes são inseridas na composição dele. Elas podem ser de flores como o Cravo-Francês, Margarida ou até mesmo de hortaliças como a Cenoura e Manjericão. Isso faz com que, após o uso do papel, ele possa ser plantado e germina em uma linda flor ou hortaliça.

Nossos papéis tem o certificado de germinação da RENASEM e podem ser fabricados e personalizado. Além de oferecer os mesmos produtos que um papel comum! Cartões de visitas, tags de roupas, papel sulfite, convites, crachás, entre tantos outros! Confira aqui em nosso site todos nossos produtos.

Germinação do Papel Semente

A Germinação do Papel Semente

 

Os impactos positivos do Papel Semente

Você sabia que estimular o consumo de um papel fabricado a partir de material reciclado reduz a poluição do ar em 95% e utiliza 50 vezes menos água e energia. Além disso, a cada tonelada de papel reciclado, evita-se o corte de cerca de 20 árvores?

Outros reconhecimentos e certificados mostram o compromisso da Papel Semente com a sustentabilidade e um mundo mais verde. Entre eles,  o Selo Verde do Instituto Chico Mendes e o reconhecimento na lista de Melhores empresas para o mundo, do B Corp – Best for the World 2018.

Nos últimos meses, diversas matérias foram publicadas citando o trabalho da Papel Semente na mídia. Você pode conferir matérias como: Ecologicamente correto: Papel que vira planta ganha mercado, do Portal G1 da Rede Globo. Ou até mesmo nesta: Empresa cria etiquetas e brindes ecológicos com sementes e conquista o mundo, da Pequenas Empresas, Grandes Negócios. O Portal Hypeness também conta um pouquinho de nosso trabalho.

 

Uma década de Papel Semente em 2019, o papel plantável mais conhecido do Brasil

Em 2019, a Papel Semente completa uma década dessa história graças a você, que apoia e opta pelo papel plantável ao invés do papel comum!

Nessa trajetória, entregamos lindos cartões de visitas, convites de casamento, embalagens. Além de crachás, brindes, e tantos outros produtos que foram plantados. Depois do uso,  germinaram em uma linda mudinha de flor ou hortaliça!

Nosso objetivo é que cada vez mais possamos contribuir juntos para gerar vida ao invés de lixo. Além de estimular gestos que florescem e abrem sorrisos de quem recebe nosso papel.

E você? Gostou desta alternativa ecológica à outros tipos de papel? Comente aqui ou peça um orçamento.