Blog

10 plantas medicinais super fáceis de manter dentro de casa

Além de deixarem a comida mais saborosa, algumas ervas têm propriedades medicinais incríveis. Descubra quais são as mais fáceis de plantar em casa (e que vem até no papel semente).

 

As ervas são algumas das melhores e mais fáceis plantas para cultivar em casa. Ao invés de de comprar ervas no mercado, você pode cultivá-las em seu quintal ou até cozinha e usufruir dos diversos benefícios que elas possuem. A maioria das ervas são ricas em propriedades anti oxidantes, anti-inflamatórias, anti-sépticas e até carminativas. Além disso, a jardinagem também é uma forma maravilhosa de exercício para acalmar a mente.

A Papel Semente é especialista em produzir papéis que podem ser plantados, nos quais diversas sementes são inseridas no processo de fabricação do papel reciclado. Ou seja, é possível plantá-lo e esperar uma linda erva germinar dele. Algumas ervas carros-chefe da Papel Semente são o Manjericão, Alecrim e Salsinha – que também são consideradas plantas medicinais.

 

Confira as plantas medicinais que você pode manter em casa:

 

MANJERICÃO

O Manjericão tem propriedades antioxidantes, anti-sépticas, anti-inflamatórias e antibacterianas. Também tem nutrientes como vitaminas A, C e K, manganês, cobre, cálcio, ferro, além de magnésio e omega-3 ácidos graxos. Ou seja, o manjericão pode ser usada para tratar flatulência, falta de apetite, gases, náuseas, arranhões, dores de cabeça, tosse, acne, cálculos renais e muito mais.

Conheça alguns vegetais que podem ser replantados numa vasilha com água

 

SALSINHA

Esta erva medicinal é carregada de nutrientes, bem como poderes de cura para ajudar com flatulência e mau hálito.

 

HORTELÃ

A hortelã tem antioxidante, expectorante (promove a depuração do muco das vias aéreas), propriedades diaforéticas (induzindo transpiração). Além disso, tem benefícios nas partes digestivas, anti-sépticas e anti-inflamatórias do corpo.  O hortelã também é rico em vitaminas como A e C e contém manganês e ferro.  Essa planta medicinal pode ser muito útil no tratamento de indigestão, vômitos, músculos doloridos e dor abdominal. Até mesmo, para quem sofre de azia, dor torácica, intestino irritável, febre, dores de cabeça e mau hálito.

 

ALECRIM

O Alecrim possui compostos anti oxidantes e antiinflamatórios. Além disso, essa planta medicinal tem fitonutrientes que beneficiam a saúde, como: ácidos graxos essenciais, propriedades anti alergênicas, adstringentes, diaforéticas e estimulantes. É também uma boa fonte de ferro, cálcio e vitamina B6. Esta erva aromática é frequentemente recomendada no tratamento de dores de cabeça, resfriados, depressão, gota, reumatismo, calvície prematura, caspa, indigestão, dor muscular e condições nevrálgicas.

​Jardim orgânico: Ideias de ótimas ervas para colocar em sua horta

 

SÁLVIA

A Sálvia é um estimulante natural, antibiótico, adstringente, tônico e carminativo. Ou seja, essa planta medicinal também contém propriedades anti-hipertensivas, anti-diabéticas, anti-inflamatórias e antimicrobianas. Além disso, contém uma variedade de óleos voláteis, flavonóides e vitaminas A e K. A sálvia é usada para tratar a perda de apetite, gases, dor estomacal, azia e depressão. Ou até mesmo, para curar feridas, doença das gengivas (gengivite), asma e transpiração excessiva.

 

 

TOMILHO

O tomilho é um poderoso anti oxidante, expectorante e também age como anti-séptico e possui propriedades antibacterianas. É também uma excelente fonte de vitaminas C e A, ferro, manganês, cobre e fibras. O tomilho pode ser usado para tratar tosse, congestionamento, indigestão, gases e diarréia leve. Além disso, é uma das plantas medicinais mais indicadas para curar unhas infectadas, acne, artrite, dor de garganta e bronquite.

 

LAVANDA

Devido à sua fragrância aromática agradável, a lavanda é utilizada em sabões, shampoos, cremes e outros produtos cosméticos. Porém, pouca gente sabe que ela também é uma das plantas medicinais que tem propriedades anti-inflamatórias, anti-sépticas e anti depressivas. A lavanda é útil para lidar com problemas de saúde como dor de estômago, flatulência, cortes, feridas, mau hálito e enxaquecas. Além disso, pode ajudar a parar vômitos, dor de dente, náuseas, perda de cabelo e muito mais. E fica a dica: Adicionar lavanda seca à água do banho ajuda a aliviar o estresse, insônia e odor corporal.

 

ORÉGANO

O orégano tem propriedades anti oxidante, antibacterianas e diversas outras. Também é rico em vitaminas como A, C, E e K. E não para por aí: também é rico em fibra, ferro, manganês, cálcio, ácidos graxos ômega-3, niacina, zinco e magnésio. O orégano pode ser usado para tratar resfriados comuns, dor muscular, dor de garganta, febre e vômitos. Ele até mesmo pode ser usado para curar acne, caspa, bronquite, asma, dores de dente, inchaço, dores de cabeça, fadiga, cólicas menstruais e perda de apetite.

 

ERVA-CIDREIRA

A erva-cidreira é uma das plantas medicinais mais conhecidas. As folhas contêm compostos que promovem a saúde como ácidos cafeicos, protocatequicos, compostos fenólicos e flavonóides. A erva-cidreira é altamente benéfica no tratamento de herpes, gás estomacal, dor de estômago, enxaquecas e dores de dentes, Ela também pode curar picadas de insetos, dores de cabeça, febre, resfriados, tosse, cólicas menstruais, TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade) e perda de apetite.

 

ENDRO

O Endro é usado para tratar gases intestinais, diarréia, disenteria, dor nervosa e cólicas menstruais. Além disso, pode auxiliar a combater a febre, resfriados, tosse, bronquite e dores de cabeça. Hemorróidas, distúrbios hepáticos, infecções da vesícula biliar e distúrbios do trato urinário são outros sintomas que o Endro pode ajudar. Ele também aumenta a imunidade, além de proporcionar alívio da insônia. Juntamente com essas ervas, você também pode cultivar calendula, coentro, abóbora, erva-de-limão, capim de trigo, baía, coentro, cebolinha e outras plantas medicinais.

E você? Qual erva medicinal você vai ter em casa? Comente aqui!


Você conhece o trabalho da Papel Semente?

 

 

Confira nossos produtos de papel que viram uma linda planta ou hortaliça, clicando aqui. 

Convites de casamento, brindes, cartões de visita, e muito mais, que depois do uso podem ser plantados e germinam uma linda flor, hortaliça ou plantas medicinais. 

Tags de Papel Semente

Tags de Papel Semente

 

A Papel Semente

A Papel Semente é uma empresa especializada em transformar papéis recicláveis em papéis que podem ser plantados. No processo de fabricação semi-artesanal, sementes são implantadas no papel, deixando-os apto para serem plantados no solo.

Ou seja, Depois de usar o papel, é possível picar, plantar, molhar e germinar uma linda flor e hortaliça.  O Papel Semente pode até mesmo germinar em plantas medicinais para você ter em casa.

A Papel Semente produz papéis com as sementes escolhidas pelos clientes. Podem ser de cenoura, tomate ou até mesmo cravo-francês e margaridas. Além disso, estes papéis plantáveis são feitos em diversos formatos: de folhas A4 à convites de casamento que podem ser plantados. São mais de 170 diferentes maneiras de usar o papel semente.

 

Para saber mais, confira nosso trabalho nesta reportagem do Jornal Nacional na Globo:

 

 


Plantas Medicinais para ter em casa

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *