Blog, Valores Ambientais

Como Se Tornar uma Empresa ESG – 3 passos simples

Várias mãos vestindo roupas sociais segurando um desenho do mapa mundi, elas representam como se tornar uma empresa ESG

Entenda como se tornar uma empresa ESG e invista nessa proposta tão importante para o valor da sua marca e para o bem-estar do Planeta

Ao entender como se tornar uma empresa ESG, você observará o quanto é importante ser uma empresa ESG. As empresas com selo ESG agregam valores em suas marcas, aumentando a visibilidade no mercado de investimentos e clientes diretos.

Além disso, é a oportunidade para realizar um diagnóstico profundo sobre a empresa identificando possíveis problemas.

Através do selo ESG, sua empresa sela um compromisso com ambiental, social e de governança. Isto é, mostra preocupação em oferecer o melhor sem causar impactos negativos as questões socioambientais.

Para completar, aprende a desenvolver ações que satisfazem os funcionários, melhorando o ambiente de trabalho. Como consequência, os negócios obtêm melhores resultados.

O selo ESG é importante para posicionar a sua marca ante às preocupações do mundo, incluindo os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Te convidamos a conhecer mais sobre o selo ESG e ver quais os passos para se tornar uma empresa ESG.

Na Papel Semente, os fatores apresentados pela ESG já são uma realidade antes mesmo do selo existir. Acreditamos que a integração da sociedade, do meio ambiente e do bem-estar na empresa são essenciais para um mundo melhor.

Neste post:

Tornar-se responsável ambiental e socialmente é uma medida urgente e necessária

Como se tornar uma empresa ESG?

Ser uma empresa ESG é estar disposto a remodelar o modo de pensar e de agir da sua empresa. Compreendendo que ela não deve apenas estar antenada em números e dados sobre lucros e dividendos.

Uma empresa está relacionada, direta e indiretamente, com a sociedade em que vive, bem como a natureza. Além disso, é preciso valorizar as relações construídas internamente, respeitando os trabalhadores e oferecer lugares adequados para o trabalho.

Nesse passo a passo, você entenderá melhor como tornar a empresa ESG

Passo 1: Diagnóstico da Empresa

É preciso fazer um diagnóstico sobre as práticas da empresa no dia a dia. Entender quais são as ações que podem ser mudadas, pensando no ambiental, social e governança.

É basicamente fazer uma autoanálise tendo como objetivo uma melhora sustentável. O diagnóstico da empresa pode ser feito por uma equipe escolhida pela própria empresa, ou por consultorias externas.

As consultorias tendem a ser uma boa alternativa por estarem mais atualizadas quanto às necessidades sustentáveis. Além de serem consultorias especializadas em diversos setores de negócios. O que é bastante importante, visto que cada setor tem suas necessidades próprias.

Passo 2: Aplicação das mudanças

O diagnóstico da empresa em mãos auxiliará na aplicação das mudanças na empresa. Essas mudanças não acontecem da noite para o dia, passam por um processo de adaptação.

É preciso paciência e uma equipe específica para essa etapa. Assim, será possível identificar quais mudanças estão caminhando bem e quais precisam ser readequadas à realidade da empresa.

As mudanças devem ser registradas em relatórios de sustentabilidade. Os relatórios são essenciais para apresentar aos fundos de investimento que vão deliberar o selo ESG.

Passo 3: Seja uma empresa ESG

O selo ESG é entregue por fundos de investimento, bolsas de valores e consultorias especializadas. O responsável por dar o selo irá avaliar se as práticas essenciais para o ESG estão em funcionamento. A empresa deverá manter o seu compromisso, passando por algumas vistorias, ou entregando relatórios de tempo em tempo.

O que é o ESG?

ESG é uma sigla em inglês para “environmental, social and corporate governance, em português seria “ambiental, social e governança corporativa”. A sigla tem sido usada para redefinir empresas e direcionar investimentos.

Mas, afinal de contas, o que é ESG nas empresas? É um símbolo de compromisso por parte da empresa em apresentar um negócio de elevada responsabilidade ambiental e social. Tudo isso, mantendo o bem-estar nos processos administrativos.

De certa forma, o ESG oferece diretrizes para criação de ambientes humanizados para trabalhar, agregando a sociedade e o meio ambiente. É um compromisso para empresas que entendem que os negócios não devem ser resultados acima de tudo e de todos.

Assim, uma empresa ESG abraça áreas importantes para o bom funcionamento de um negócio sustentável. Confira o que significa cada letra da sigla ESG:

  • Environmental (Ambiental): está relacionada as ações de uma empresa baseadas na conservação e preservação do meio ambiente. Por exemplo, gestão de resíduos, uso de energia limpa e sustentável, entre outros. 
  • Social (Social): a empresa dá atenção especial às pessoas envolvidas, direta ou indiretamente, no universo dos negócios. Podem ser ações voltadas para a diversidade e engajamento dos funcionários, até a satisfação real de seus clientes. Neste caso, os benefícios gerados pela empresa para a sociedade ao seu redor também devem ser consideradas. 
  • Governance (governança): uma preocupação sobre como a empresa mantém seu negócio, sua administração. É preciso manter a credibilidade através da honestidade e transparência dos negócios. A empresa precisa estar disposta a resolver problemas mais polêmicos, além de criar canais de denúncia confiáveis.

O ESG é um modelo que ganha cada mais espaço no mercado, quem pensa no futuro do negócio implanta esta metodologia

Como surgiu?

O selo ESG surgiu em 2004 em uma publicação da Pacto Global em parceria com o Banco Mundial. A proposta foi sendo desenvolvida a partir de um questionamento da ONU a respeito do envolvimento das empresas por um mundo melhor. Como essas empresas podiam integrar seus interesses financeiros com a qualidade de vida dos seres humanos.

Para tanto, era preciso criar desafios que fossem possíveis de serem cumpridos integrando questões sociais, ambientais e de governança. A proposta do selo ESG está conectada com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Através dessa mudança de mentalidade sobre os negócios, os ODSs ficam mais possíveis de serem conquistados.

De certa forma, foi um chamado importante para as empresas se envolverem e se comprometerem mais com o todo. Entendo que as emergências sociais e ambientais devem estar na pauta dos negócios. No final, são ações que beneficiam o meio ambiente, a sociedade e, com certeza, a empresa com o selo ESG.

Conheça as Empresas Sustentáveis que fazem a diferença no Brasil

Por que o ESG é importante?

O ESG é importante para empresas que desejam se diferenciar no mercado, além de serem bem vistas por investidores. Os padrões ESG são importantes para agregar valor no setor empresarial, também entre os clientes e parceiros. É uma forma de abrir as portas para oportunidades sustentáveis.

Adotar práticas ESG também ajuda a melhorar a dinâmica da empresa, inclusive, em relação a mudanças internas. Cria oportunidade para investir em tecnologias sustentáveis, que podem gerar economias importantes.

O selo ESG também é o empurrão importante para estabelecer um ambiente corporativo saudável para todos. Desta forma, os funcionários ficam satisfeitos e produzem melhor. É um ciclo vicioso de qualidade que tende a ajudar a empresa a crescer e melhor os negócios.

Os consumidores estão cada vez mais antenados nos benefícios que um produto ou empresa causam à natureza e a sociedade. Incluindo a relação da empresa com os direitos do cidadão.

São consumidores que entendem que o seu investimento em um produto precisa fazer sentido também em âmbito social e ambiental.

Sendo assim, ter o selo ESG também é importante para manter os clientes e, até, crescer no mercado. Deu para entender como conseguir o selo ESG é importante?

Entenda sobre o que é consumidor consciente e como o selo ESG impacta na conquista desses consumidores.

Criar um ambiente sustentável dentro da sua empresa pode trazer bons resultados internos e ajuda a manter o nosso planeta em equilíbrio

Conheça a Papel Semente

A Papel Semente está há mais de 10 anos no mercado sendo uma empresa inovadora por oferecer um produto sustentável. Além disso, os valores da Papel Semente são baseados em relações reais e saudáveis com a natureza e a sociedade. É a essência da Papel Semente, antes mesmo do surgimento do selo ESG. Por isso, nos orgulhamos em sentir que estamos no caminho certo desde sempre.

Somos uma empresa B Certificada, com frete neutro e com parcerias enriquecedoras para a sociedade e meio ambiente. Os nossos papéis são produzidos em um processo de reciclagem, as aparas de papel são coletadas por catadores da ONG Guardiões do Mar. Ainda temos diversos outros certificados que nos configuram como uma empresa sustentável. Clique aqui e leia mais sobre nossas parcerias.

Na Papel Semente você encontra papéis plantáveis, isso mesmo, são papéis que podem ser plantados após o uso. Os papéis são produzidos em um processo semi-artesanal e recebem semente na composição. Podem ser usados na produção de diversos produtos, dos clássicos cartões de visita até caixinhas para brindes. Confira as possibilidades em nossa loja on-line.

Clique aqui e entenda sobre como o papel semente é produzido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.